Dicas Sobre Egito – Informações Gerais e Dicas antes e durante sua Viagem ao Egito

Dicas sobre Egito

Prezado/a Passageiro/a da Descobrir Egipto Viagens!

 Apresentamos nesta página um conjunto importante de dicas sobre Egito que pode ajudar o viajante a terra maravilhosa do Egito. Em nossa missão de cuidar o melhor possível da estrutura que recebe você no Egito e pensando em algumas situações práticas, elaboramos algumas informações, dicas sobre Egito, Informações úteis e instruções que podem auxiliar em sua estadia conosco. Colocamos um conjunto de dicas sobre Egito de uma forma fácil para lembrar. Por gentileza, leia com atenção essa dicas úteis  antes da sua viagem ao Egito:

* Documentos e instruções

Passaporte, com validade mínima de seis meses, a contar da data de embarque. É recomendável levar consigo uma cópia do passaporte, de preferência autenticada, folhas 1, 2 e 3, pois em alguma eventualidade com seu passaporte, isso facilita muito os trâmites burocráticos. O visto que supostamente já você conseguiu e será o nosso funcionário que estará aguardando no local de desembarque no aeroporto, com uma plaqueta de identificação por Exemplo: (João Almeida – Brasil).

Em caso de necessidade ou emergência entre em contato conosoco: +55(85)3268.3416 /  +55(85)999948137.

Ligue Grátis: 08000381437

Contato de emergência no Egito: Mobile Phone: +20-111-2009991 / +20-10234557

* Cartão de entrada para estrangeiro (Arrival Card for non Egyptian)

Dicas sobre Egito - Visto Egito

No avião, próximo à chegada ao Egito você recebe da aeromoça/o da companhia aérea (todos os estrangeiros recebem); preenche, porque será carimbado pela autoridade local quando vocês passarem pelo controle de passaportes (você passa, mostra o passaporte com o selo do visto e o nosso representante facilitar o desembarque. Se você não tem visto o seu país e origem, não se preocupe podemos lhe conceder este visto no aeroporto por um valor de 45 USD, caso você é portador de passaporte brasileiro ou Europeu e vem para Turismo.

Por gentileza veja mais informações sobre Visto do Egito. No cartão, pergunta dados do voo e sobre a estadia de vocês no Egito e o tipo de viagem (você pode preencher ainda no avião; assinalem tipo de viagem: Turismo e informações de estadia, apenas escreva: o nome o hotel e cidade na parte do endereço: Exemplo: Hotel Meridien Pyramids. Cairo.

O nosso representante no aeroporto, nesse tempo, estará aguardando em frente, após a passagem de você pela fila de controle dos passaportes para seguir com vocês ao setor da retirada das bagagens. Após a retirada da bagagem, você será encaminhada para o check in no hotel. Via de regra, para o check in, você deve ter o passaporte fácil e disponível, pois os hotéis pedem checar o documento de identificação dos hóspedes. Algumas vezes, a recepção costuma tirar cópias do passaporte na hora e devolver o passaporte posteriormente. Se isso acontecer, é um procedimento normal e brevemente o passaporte é devolvido a você.

* A língua falada no Egito

Dicas sobre Egito - Dicas

A Língua Oficial no Egito é o ‘Árabe’, mas os egípcios tem o Inglês como uma segunda língua. O árabe é falado em variantes diferentes em cerca de 22 países. O árabe falado no Egito é uma variante egípcia; poderíamos falar de “um árabe egípcio”, mais coloquial, embora com muitos termos comuns ao árabe clássico, por exemplo e compreensível na maioria dos países do mundo árabe. Nos complexos turísticos e na maioria das lojas e comércio se fala facilmente através do inglês (muito mais do Inglês) e do espanhol (menos comum, mas também há recepcionistas e funcionários que falam espanhol); O árabe com dialeto egípcio é o mais famoso no mundo árabe, graças à produção literária, artística, teatral, e cinematográfica muito avançada no país. A língua árabe é de origem semítica, e escreve-se da direita para a esquerda, baseando no sistema alfabético composto de 28 letras como se vê a seguir: (iniciando-se de direita para esquerda e em uma sequência diferente da ordem de nossas letras em nosso alfabeto).

Uma observação que pode ser útil é conhecer os números em árabe:

No Egito também há variedades de dialetos árabes. Os mais importantes são: o dialeto cairota, o alexandrino, o dialeto da região do Canal do Suez, o do delta, o do Alto-Egito no sul, e o dialeto de Assuão, sem esquecer os diversos dialetos das tribos e clãs de beduínos e nômades espalhados no Deserto do Sinai e no Deserto Arábico.

A língua núbia é um idioma de uma minoria que vive na província de Assuão (cerca de 1.000 km ao sul do Cairo). Trata-se de uma língua oral sem escrita, herdada pelas gerações núbias, falada pelos habitantes entre si nesta região do território egípcio. Os núbios também falam árabe, sobretudo com outros de fora da região. Conheça mais sobre a Língua no Egito aqui!

* No Egito fala-se o árabe com uma variante egípcia. Porém, nos complexos turísticos fala-se facilmente através do inglês (muito mais do Inglês) e do espanhol (menos comum, mas também há recepcionistas e funcionários que falam espanhol); No censo de junho de 2014, o Egito contava uma média de 96.00.000 habitantes, sendo em torno de 25.000.000 habitantes no Grande Cairo; a distribuição por gênero, inclui cerca de 50.52% de homens e  49.48 % de mulheres. Quanto a religião, 90% são muçulmanos e 10% são cristãos, uma variedade do Cristianismo no Egito, fundado por São Marcos. Cidades importantes (maiores) no Egito: Cairo, Alexandria, Luxor, Assuão, Sharm El Sheikh. Nas cidades maiores, as mulheres, geralmente, usam roupas comuns, maquiagem e lenços na cabeça (Hijab); nas cidades menores e povoados e no interior as mulheres usam mais burkas negras mais conservadoras (Niqab), embora se encontre mulheres de burkas (com menos frequência) nas grandes cidades também. Dos países árabes, o Egito é um dos mais liberais, também encontramos mulheres muçulmanas, sem lenço na cabeça, com maquiagem (as egípcias costumam usar muito, principalmente, nos olhos), jeans ou roupas comuns. Diferentes de alguns outros países muçulmanos, as mulheres dirigem carros, trabalham, tem uma vida profissional ativa e também ocupam chefias de cargos importantes, inclusive, na política. No entanto, não costumam usar roupas curtas e não usam roupas que mostrem os ombros ou excessivamente o decote.

* Clima

Dicas sobre Egito - Clima

O clima nesse período é inverno! As temperaturas médias ficam em torno de 12 – 18 graus (pode chegar um pouco mais no sul, região de Luxor), sendo que a noite costuma ventar e esfriar um pouquinho; em algumas áreas mais montanhosas, a temperatura pode cair para abaixo de zero e até nevar (como na região de Santa Catarina, no Sinai). Para o seu roteiro, é recomendável levar agasalhos (não muito forte para um inverno “pesado”, mas para as médias esperadas. As roupas são as mesmas que você usaria no Brasil, em um clima assim. Para as mulheres um pouco de cuidado (não quer dizer uma proibição, apenas um pouco de cuidado) com roupas mais curtas, muito justas e os excessos nos decotes, pois se lembre que a cultura local é extremamente influenciada pela religião e tradições.  Embora dentre os países muçulmanos, seja o considerado mais liberal, é interessante ficar um pouco atentas aos excessos, isso é particularmente válido para as zonas provincianas (os interiores do Egito faraônico).

* Hora

Considerar 5 horas a mais em relação à Brasília para o Egito (sem hora de verão); com hora de verão: 4h.

* Moeda

Dicas sobre Egito

O dólar norte-americano é muito bem aceito e os mercadores, mesmo os da rua, aceitam sem problemas. Para o dia a dia, as notas de um e cinco dólares são muito bem vindas, pois se encontram muitas pequenas compras nesse valor. Quanto aos dólares, leve os da série após o ano 2000, pois algumas casas de câmbio, de rotina não aceitam dólares mais antigos (antes do ano 2005). É bom levar uma pequena máquina de calcular, para facilitar os cálculos na hora das conversões de moeda. A moeda oficial é a libra egípcia (em média 1 dólar= 8.83 libras e os centavos deles são as piastras, onde 1 LE= 100 piastras). Os euros não aceitos em menor proporção e perde-se dinheiro na conversão, euro/libre. As libras egípcias são facilmente compradas nas casas de câmbio dos hotéis locais, mediante a troca por dólar. Os reais não são aceitos para troca ou negociação. Veja aqui mais informações sobre Moeda do Egito.

* Cartão de Crédito

Todos os cartões de crédito ou débito são bem aceitos, principalmente, o visa (mais ainda) e o master. Geralmente, as operações com cartões são lançadas em pagamento integral, sem parcelamentos. Observe se os seus são internacionais; alguns cartões tem um sistema de segurança de bloquear operações consideradas estranhas ou suspeitas – então é interessante avisar a administradora do cartão que você estará em outro país e o período para que o uso ocorra sem problemas.

* Corrente Elétrica:

Dicas sobre Egito - Electricidade

220 volts, mas em bons hotéis e no navio consegue-se transformador sem muita dificuldade. É bom levar aqueles pequenos adaptadores de tomadas que permite usar em pinos redondos e retangulares, principalmente para quem leva máquinas fotográficas ou aparelhos que necessitam ser recarregados. Ah! Um pen drive é extremamente útil para descarregar as máquinas, mas lembre-se que como, geralmente, as fotos são arquivos pesados levem um de boa capacidade; para os que tem máquinas com cartões de memória, é sempre bom levar um cartão a mais, pelo menos de 2– 4GB, pois pode acontecer de suas fotos acabarem em um local onde você não consiga descarregar prontamente e para não ficar sem fotos; Se levar câmaras de filmagem, os arquivos costumam ser pesados, leve o próprio notebook, ou pen drive de boa capacidade ou mesmo mídia de DVD para descarregar e gravar. Caso deseje, vc pode levar seu notebook. Os hotéis tem secador de cabelo, ferro e tábua de passar.

* Chamadas Telefônicas:

Dicas sobre Egito

Você pode levar seu celular, pois fala-se com grande facilidade para o Brasil (disque *144) no caso da Tim e solicite essa liberação para chamadas internacionais. No entanto, originar chamada do seu celular do Egito para o Brasil é bem mais cara do que receber em seu celular, onde você só paga o roamming. Passar mensagem escrita, via torpedo, é bem mais barato. As chamadas realizadas pelo fone do hotel ou no cruzeiro são caríssimas e não recomendamos, pois o custo é desproporcional. Recomendamos, se informar com sua operadora sobre o funcionamento de seu aparelho neste país. Caso sua operadora, não opere no Egito, há opção de você adquirir um chip de uma operadora que opere lá (a TIM funciona normalmente, pois é a que eu tenho e nunca dá problema). A dica é ficar atenta aos lugares com wi-fi e funcionar o celular nesta função.

* Para alfândega

Dicas sobre Egito - Alfandega

Sacolas de tamanho volumoso são revistadas insistentemente e várias vezes. Evite grandes volumes na sacola de mão. Não leve joias na bolsa de mão, você correrá o risco de que as mesmas sejam apreendidas, por conta do aspecto perfurante das fechaduras, principalmente; também não leve cremes e líquidos em frasqueiras ou bolsas com você (coloque na bagagem a ser despachada). Líquidos só são permitidos na bagagem de mão, em quantidade inferior a 100ml e em necessaire em plástico transparente. Isso também é válido para o creme dental e batom que deve estar nesses recipientes em plástico transparente (compra-se fácil nas farmácias de aeroporto). É prático uma pequena bolsinha a tiracolo ou pochete para andar sempre com você com passaporte, dinheiro e máquina fotográfica. Líquidos inflamáveis (tipo acetona) não são permitidos, nem mesmo na mala grande; lixa de unha e tesourinha, ou qualquer objeto perfurante ou cortante na mala grande  a ser despachada e nunca na bagagem de mão.

* O que levar?

Chapéus ou bonés são indispensáveis no verão de junho a setembro, e menos no inverno. Óculos escuros também. Porta garrafas (tipo a tiracolo) para água mineral pode ser interessante. Não esqueça de um bom par de tênis bem confortável (caminha-se em lugares com areia e pedrinhas) e bloqueador solar. Não é uma condição, mas ajuda levar lanternas (porém pequenas) para visitar tumbas, pirâmides. Há pessoas alérgicas que algumas vezes usam máscaras para alguns lugares um pouco mais com fungos e fechados, como algumas tumbas nos vales dos reis, por exemplo. Também leve um caderno – diário com caneta para suas anotações pessoais e os passos de sua jornada; caso queira levar um bloquinho prático e pequeno para anotar informações durante as visitas, é útil. Umas barrinhas de cereais e granola também podem ser úteis em alguns momentos (caso leve, coloque na mala grande).

* O que evitar?

Dicas sobre Egito

Mulheres de pernas de fora, tipo minissaias muito curtas, decotes excessivos, regatas, maquiagens exageradas. Vestida assim, até uma turista pode sofrer ofensas ou assédio nas ruas. Nas ruas, evite sorrir expansivamente para pessoas do sexo masculino; a nossa cultura mais calorosa e expansiva às vezes causa confusão para eles. Eles podem confundir isso e serem insistentes na aproximação com você. E, ao cumprimentar algum homem, principalmente, os mercadores, evite ser muito expansiva. Apenas acene com a cabeça e um cumprimento mais formal ou, se for adequado um aperto de mão. Bermudas são convenientes, abaixo ou na altura próximo ao joelho, a exceção do navio e da praia em Sharm EL Sheikh (o que não é o caso, nesse roteiro). Evite usar alcinhas muito fininhas, pois é muito tentador para a cultura local de repressão nessa área (para essa cultura, os ombros da mulher são sagrados e não devem ficar às mostras), porém sem problemas usar uma blusa de alça um pouco mais grossa, tipo camiseta.  Na região de Sharm El Sheikh, isso não se aplica; isso é válido para a porção mais provinciana do Egito. Para entrarmos nas Mesquitas, as mulheres devem levar lenços para cobrir a cabeça e roupa que cubra os ombros.

* Passeio de Camelo

Dicas sobre Egito para o turista

Não recomendamos passeio de camelo por conta própria. Caso deseje experimentar, solicite ao seu guia, negociar com o cameleiro. Montar camelo é uma experiência estranha e como o anilam é alto e lento. Onde pode montar Camelo:

  • Na aérea de Sakkara.
  • Na área das Pirâmides de Gizé.
  • Na Vila núbia em Assuão.
  • No monte Sinai

Existe sempre possibilidade de tirar fotos montando um camelo por um valor menor, principalmente na área de Sakkara e na área das pirâmides, recomendamos pedir isso ao seu guia para negociar.

* Segurança

Entre as mais importantes dicas sobre Egito no que diz respeito á segurança no Egito e que sempre ouvimos esta pergunta de muitas pessoas: ” o Egito é seguro?” a Resposta em geral Sim Egito comparado com muitos lugres e destinos do mundo é muito mais seguro. Mas em geral, procure sempre andar com sua bolsa a tiracolo e colocada na sua frente ou com pochete presa a sua cintura, ao invés de bolsa, até para evitar esquecimentos. O Egito, é considerado seguro, pois a religião muçulmana tem uma política de punição muito dura aos delitos. Há muita polícia local e todo um esquema de segurança que nos permite transitar com toda tranqüilidade. Os guardas são gentis e muito gentis com os brasileiros, cultura que eles se referem com admiração! Lembre sempre de estar com o passaporte, especialmente, quando estiver nos deslocando entre as províncias na viagem entre as cidades, pois a polícia da fronteira solicita a conferência.

* Alimentação

Comece com uma seleção de entradinhas (mazza), como pão árabe, pasta hummus e taamiyya ou falefel (bolinhos de feijão). Para os pratos principais, se usa muito produtos de carne bovina, carneiro e frango: Kofta, Kabab, Shish Tawok, Fatta, Mahshy (charurtos de arroz) entre muito pratos típicos da cozinha egípcia. Mas cuidado: os egípcios adoram pratos bem temperados, e gostam de molho de tomates com os tajinos do forno; O ideal é ir acostumando o paladar (e o estômago) aos poucos. Nos tradicionais cafés (ahwa), prove  Karkare ou Hibiscus e Sahlab, bebida à base de farinha de semolina, leite e castanhas picadas. Também há pratos comuns para nós, como carne, peixe e frango. Em Alexandria, os camarões e peixes são pratos típicos. Para os que são vegetarianos, estaremos solicitando refeições especiais, sem problemas.

* Gorjeta

No Egito, o Turismo constitui uma fonte de renda importante para todos os envolvidos nos serviços. É esperado pelos maleteiros, (pessoal do barco caso for cruzeiro), guias e motoristas. Não é algo obrigatório, mas algo habitual que expressa o reconhecimento e uma gentileza pela prestação dos serviços recebidos. Para mais dicas  sobre Egito em geral e sobre as gorjetas no Egito durante a sua viagem entre em contato conosco!

* Produtos Típicos

No Egito existe toda uma variedade de produtos típicos e de valor bem acessível, principalmente com motivos faraônicos, o que inclui: chaveiros, canetas, calendários, marcadores de texto, estatuetas de figuras famosas, deuses, e símbolos do Egito Antigo; além disso, existem outros produtos típicos, como: tapetes, lenços, caixinhas de madrepérola e os produtos típicos nacionais como: o famoso algodão egípcio, incluindo as belas roupas de cama (famosos lençóis de fio egípcio) e as típicas galabeyas (túnica tradicional no Egito); os papiros originais, produzidos artesanalmente e pintados à mão com matéria prima original de papiro, colhido às margens do Nilo; as essências originais de matrizes egípcias (Flor de Sakkara, Flor de Lotus, Papiro, Mirra etc. Uma dica é que no Antigo Egito a flor de Lotus era uma flor considerada sagrada, usada pelas mulheres e simbolizava o status do feminino; aparece em motivos na parede de muitos templos onde a rainha oferta lótus ao seu rei; já o papiro simbolizava o status do masculino sagrado) e as típicas lojas de prata e ouro egípcio, onde se pode adquirir os típicos e belos cartuchos egípcios (hoje em dia, uma espécie de pingente), que se assemelha a forma geométrica antiga do nó mágico de Ísis, onde o faraó inseria o seu nome, formando o selo real, como uma forma sagrada de proteção no Egito Antigo). Hoje em dia, é possível gravar as letras de seu nome em caracteres hieróglifos em um souvenir único que somente se encontra no Egito, na versão prata, ouro ou prata/ouro.

* Saúde

Tome somente água engarrafada (mineral), a água das torneiras dos hotéis não são potáveis. Seja cuidadosa ao consumir frutas e verduras cruas e cuidado com os excessos nos condimentos locais, para aqueles com os organismos mais sensíveis vão permitindo as misturas aos poucos, pois são temperos e especiarias que nosso aparelho digestivo não está acostumado.

* Farmácia

Embora o uso banal das medicações não seja adequado, podem existir circunstâncias em que se faça necessário, mediante a intensidade de cada situação. É interessante e prático levar uma farmacinha, em caso de necessidade:

*Observe as medicações de seu costume e preferência, na área e também observem histórias de alergias a alguns medicamentos que vc possa ter.

Seguem algumas sugestões (observando se não for alérgica a estes medicamentos): Por favor, antes de tudo consulte o seu próprio médico!

1. Anti-inflamatório;  2. Remédio para cólicas (tipo buscopan ou similar), para gases (tipo dimeticone ou luftal) ou prisão de ventre (tipo almeida prado);  3. Analgésicos ou antitérmicos (tipo paracetamol ou tylenol); 4. Remédio para gripe ou alergia (tipo benegrip ou similar); (tipo claritin, alegra ou similar); 5. Pastilhas para a garganta. 6. Remédio para intestino e diarreia (tipo floratil, imosec etc).  7. Remédio para enjoo (Plasil ou dramin).  8. Remédio para o estômago (Siludrox, pepsamar ou similar)  9. 1 Tubo de pomada antisséptica (Ricofort, neomicina, verutex ou similar);  10. curativo tipo band aid;  11. Soro fisiológico para os que usam lente de contato (no Egito não se encontra soro fácil);  12. Protetor Solar e lencinhos úmidos. 13. Rescue remedy (floral de Bach polivalente), pomada de arnica (para dores, contusões), suas medicações de uso corrente ou de terapias complementares que já utiliza.

Busca

Encontre sua turnê de sonho hoje!

Se procure mais dicas sobre Egito, entre em contato conosco: