www.Descobriregipto.com
City
 

 Alexandria Moderna

Alexandria dispõe de uma privilegiada situação geográfica no norte do Egipto, fica entre o mar e o lago Mariutus perto da região verde do Delta. Está a 220 km a nord-oeste do Cairo. Foi fundada por Alexandre o grande em 331 a.C, tornando-se logo a capital do país por cerca de dez séculos. Após a conquista islâmica, e a retirada dos romanos em 642. d.C passou a ser a segunda cidade, poré mais tarde, perde uma grande parte da sua importância como o primeiro porto a favor da cidade vizinha de Rosetta. Graças a Mohamad Ali, o governante do Egipto na primeira metade do século XIX, a cidade recupera de novo o seu valor estratégico, económico, e cultural, permanecendo até o dia de hoje o primeiro porto de comércio. Conhecida pelos egípcios como a Noiva do Mediterrâneo assume um papel de grande destaque nas variadas actividades econômicas e culturais. Considerada a segunda cidade mais imponente no país, quer pelo valor histórico, quer pelo desenvolvimento industrial, sem esquecer o seu mérito balnear no verão que serve milhares de turístas locais e estrangeiros. A cidade tem actualmente cerca de quatro milhões de habitantes, e sempre foi um pólo de imigração nomeadamente do campo. Grande parte dos monumentos alexandrinos pertence a Épóca Greco-romana. Além disso, é considerada o primeiro centro do cristianismo no Egipto que recebeu os primeiros emanações da fé cristã cerca de meados do século I d.C, portanto há um conjunto de igrejas importantes na cidade. Embora foi uma cidade rica em monumentos maravilhosos, infelizmente desaparecidos como o Farol e a Biblioteca antiga, Alexandria tem outros monumentos que testemnham a grandeza da cidade ao longo de todas as eras.

A grande parte dos monumentos de Alexandria despareceram devido a várias razões; erosão natural e avanço do mar, havia destruição por causa dos distúrbios políticos, conquistas, revoltas, e afinal a má urbanização e falta de ordenamento. Entre os monumentos desparecidos citamos; além das muralhas antigas e os gigantéscos portais da cidade, o Farol famoso que foi uma da sete maravilhas antigas do mundo, A Biblioteca, o Cemitério Real (Soma), o Museu (O Lar de Ciências). Mas ainda a cidade mantém uma parte considerável dos monumentos da Época Ptolomaica como os Cemitérios de El Chatby, Mostafa Kamel, El Anfuchy, e El Wardian, e também os cemitérios da Época Romana; As Catacumbas de Kom Al Chuqafa, túmulo de Silvago, e o Cemitério de Al-qabary. Além disso, há o Teatro Romano, o templo de Al-Ras Al Soda, a Coluna de Pompeu. Inquestionavelmente o Museu Greco-romano é um lugar fantástico, pleno de milhares de objectos maravilhosos de arte que conta eloquentemente aquele passado glorioso da pérola do Mediterrâneo, Alexandria.

Flowchart: Alternate Process:  Roteiros Curtos e  Rápidos

 

 


Copyright @1999-2012 Descobriregipto.com All Rights Reserved.
No part of this website may be reproduced or copied in any form without the written permission of the 
author. Read Privacy Policy